A Liderança

“Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens.” (Filipenses 2:5-7)

A maioria das pessoas entende liderança como dar ordens que sejam obedecidas, sejam elas claras e objetivas, sejam sensatas ou não, ou sendo que quem mandou faz daquele jeito ou não. De fato, a isto chamamos de autoritarismo.

Liderança é a capacidade de saber aonde vai e levar sua família consigo, e é um resultado daquilo que você é e faz. A isto damos o nome de discipulado.

Portanto, ao homem é dada a responsabilidade de, submetendo-se a Cristo, receber a orientação do caminho a seguir e levar sua família junto. Foi assim com Abraão que, recebendo o comissionamento de Deus para ir a um local distante e desconhecido, reuniu os seus e partiu. Ele não mandou alguém no seu lugar e nem mandou sua esposa ir sem ele, mas fez primeiro e os demais o seguiram.

Nossa sociedade tem mudado este conceito e tem colocado do ponto de vista do homem mandar, mas há hoje em dia uma escassez de senso de direção, de saber para onde ir. Muitos homens estão perdidos sem saber o que fazer e querem apenas ser obedecidos cegamente.

Desculpem colegas do gênero masculino, mas isto está errado!

Ao homem compete buscar a presença de Deus e saber qual o propósito e destino tanto seu como de sua família e ir na frente. Isto exige buscar a Deus em jejuns e oração, mas é muito mais fácil sentar-se no sofá e assistir o jogo na televisão.

Além disto, Cristo foi o maior líder que conhecemos. Ele serviu aos seus discípulos, ao povo em geral e à sua família. Disse a Pedro que deveria lavar os seus pés, algo bastante simples e reservado aos empregados, mas ele fez questão de fazer primeiro.

Este mesmo Cristo diz por intermédio de Paulo que somos cabeça da mulher, assim como Ele é a cabeça do homem. Ora, se a cabeça do homem serviu ao homem e não lhe deu ordens, mas fez de tudo para que este fosse amado, sarado, curado e liberto a tal ponto de morrer pelo homem, então não podemos de forma alguma exercer uma liderança diferente desta para com nossa esposa e nossos filhos.

O esposo deve exercitar a liderança com amor através de maneiras práticas. O esposo também é o responsável pelo clima do lar e isto é bem simples de perceber. Quando a esposa está em casa com os filhos e tudo está calmo, de repente chega o marido do trabalho todo agitado. Pronto, a casa se transforma, e aquela tranqüilidade vira uma agitação só. Isto acontece porque as emoções do homem se transmitem para toda a família, este é um aspecto da autoridade e responsabilidade que está sobre o homem.

A disciplina dos filhos deve ser exercida primeiro pelo marido e não pela esposa. Como muitos maridos se isentam desta responsabilidade, as mães ficam o dia todo com os filhos e acabam fazendo o que seja necessário para educá-los, enquanto os maridos apenas usufruem do que estas fizeram.

Esta autoridade se estende ao exemplo de boa administração das finanças familiares. Ele não pode pedir a todos que economizem e ele mesmo vai e gasta com o que gosta enquanto a casa está precisando de reparos, a esposa de um vestido e os filhos de roupas e calçados.

Sobretudo, o esposo é responsável pela vida espiritual da família, pastor do seu lar. Tem muita gente querendo ser pastor para ter o título, o status. Mas todo marido é o pastor da sua família e se ele e sua família seguem a Cristo, então ele fez bons discípulos, é digno de honra e tem exercido sua liderança da maneira como Cristo espera.

PARA EXERCITAR COM SEU CÔNJUGE

  • Tenho assumido minha posição de liderança conforme a Palavra?
  • O que posso fazer para ser o pastor da minha família?

“Pai celestial, a liderança que me concedeu só pode ser exercida em Ti. Perdoe-me por todas as vezes que fui além do que me era exigido e machuquei meus familiares. Peço que me ajude a exerce-la conforme Cristo fez com a igreja. Amém!”

Luis Antonio Luize

Share this article

Comments

  • Eliene Souza Reis
    16 de outubro de 2015

    Excelente instrução para toda a família. Deus os abençoe sempre.

  • João A. Mendes
    18 de outubro de 2015

    Foi muito bom ler o artigo da autoria do Pr. Luíz António Luize. Deus continue lhe usando para abençoar cada leitor…

  • carlos eugenio franco
    20 de outubro de 2015

    Deus e muito bom para conosco,te da inspiração,sabedoria,fiquei tocados ,e feliz com estas instruções
    que nos mostra o caminho a ser seguido eu agradeço ao nosso Senhor Jesus pela vidas de pessoas
    como tu , Deus te abençoe e guarde sempre assim como toda a familia da Fé.

  • Airton
    14 de dezembro de 2015

    Pastor Luis:

    Jesus foi o maior líder porque serviu aos outros. Ele sabia muito bem que “Poder é não para mandar senão para servir”.

Deixe Seu Comentário