Salmo 3

Este salmo de Davi foi escrito quando fugia de diante da face de Absalão, seu filho. Era momento de grande stress para ele, tanto físico quanto mental. Mas este estado não afetou sua confiança em Deus, e Davi nos mostra a maneira que ora a Deus e os resultados que obtêm deste método.

Mostra uma confiança de filho, e implora a ajuda de Deus, antecipando a vitória que está por vir. Isto é um ato de fé da parte dele. Esta fé certamente era oriunda das promessas de Deus para ele, pois até aquele momento não havia conhecido derrota quando Deus o impulsionava.

Mas esta perseguição do próprio filho tem algo a ver com Cristo, do qual Davi é um arquétipo. Cristo da mesma maneira foi perseguido por quem deveria amá-lo, seu povo. Da mesma forma que Davi, confiou em Deus, pois as Suas promessas eram conhecidas, além de que havia estado com o Pai, e o conhecia muito bem.

Devemos nós nos persuadirmos, como Davi, de que o Senhor é o nosso defensor, quem nos envolve como um escudo que nos circunda totalmente. É Ele somente que pode e nos circunda com sua glória e honra” – Thomas Tymme’s at Silver Watch Bell,  1634.

Deste salmo concluímos que:

1.       Quando em perigo devemos orar;

2.       Deus graciosamente nos ouve;

3.       Nós devemos escrever suas respostas;

4.       Nós podemos nos recordar destas respostas como algo que nos fortalece para o futuro;

5.       Assim, podemos dormir tranquilamente e caminhar alegremente.

Salmo 3 1 SENHOR, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim. 2 Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para ele em Deus. 3 Porém tu, SENHOR, és um escudo para mim, a minha glória, e o que exalta a minha cabeça. 4 Com a minha voz clamei ao SENHOR, e ouviu-me desde o seu santo monte. 5 Eu me deitei e dormi; acordei, porque o SENHOR me sustentou. 6 Não temerei dez milhares de pessoas que se puseram contra mim e me cercam. 7 Levanta-te, SENHOR; salva-me, Deus meu; pois feriste a todos os meus inimigos nos queixos; quebraste os dentes aos ímpios. 8 A salvação vem do SENHOR; sobre o teu povo seja a tua bênção.

Share this article

Deixe Seu Comentário